A Palavra de Deus Revelada ao homem.

Videira Verdadeira!!

Videira Verdadeira!!

Jesus

 

              

                Israel é  A Terra Santa,onde moraria o Povo Eleito, a terra do Éden. Mas por que hoje quando olhamos para a nação de Israel e para o Oriente Médio vemos apenas morte e desolação?Vemos uma terra árida e sem paz.A nação de Israel está hoje em guerra constante com seus vizinhos e já foi muitas vezes invadida por inimigos.Seu espaço físico lhe foi tirado,por longo período de tempo, e só restituído em 1948.Sua maior dádiva, a Fé no  Deus invisível, está nas mãos dos Gentios e a glória da Monte Sinai agora está sobre a face da terra.

               Mas nem sempre foi assim: Vamos analisar uma parábola de Deus pela boca de seu profeta Isaías, escrita há mais de 2500 anos.

               O antigo Testamento foi copiado para a Biblioteca de Alexandria a pedido de Alexandre O Grande, no século III, antes de Cristo(septuaginta), e lá constavam 70 cópias do texto que agora vamos estudar.

                Isaías 5: 1.”Agora cantarei ao meu amado o cântico do meu querido a respeito da sua vinha. O meu amado tem uma vinha num outeiro fértil”.Trata-se de  uma parábola em forma de música: para dar  tom  poético, para destacar do restante do texto  e para ser cantado , logo, sendo  de mais fácil memorização pelo povo de Israel.O Amado é Deus  e o  outeiro fértil é  o território de Israel.Nos tempos dos patriarcas , o território que no futuro, seria a  terra dada por Deus aos Israelitas, era muito fértil.Vejamos: Quando Abraão e Ló resolvem se separar, Ló escolhe a campina do Jordão, pois era muito bem regada,rica em água e com vegetação abundante, tanto que foi comparada ao Jardim  do Éden.

                 “E levantou Ló os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do SENHOR ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do SENHOR, como a terra do Egito, quando se entra em Zoar. Gênesis 13:10 ” A terra quando foi escolhida para o povo  de Israel era muito rica em água e frutos antes de o Senhor ter destruído Sodoma.

                 No Êxodo a terra ainda continuava chamando a atenção pelos frutos.   “Depois foram até ao vale de Escol, e dali cortaram um ramo de vide com um cacho de uvas, o qual trouxeram dois homens, sobre uma vara; como também das romãs e dos figos. Números 13:23”Olhe o que  Moisés disse sobre a terra que Deus deu a nação de Israel quando a tirou do Egito: “E nos trouxe a este lugar, e nos deu esta terra, terra que mana leite e mel. Deuteronômio 26:9” A terra que Deus entregou ao povo escolhido vertia leite e mel, significa riqueza de fauna pelo leite e de  flora,de cujas flores  as abelhas produzem mel.

               Isaías 5;2. “E cercou-a, e limpando-a das pedras, plantou-a de excelentes vides; e edificou no meio dela uma torre, e também construiu nela um lagar; e esperava que desse uvas boas, porém deu uvas bravas” .Deus preparou a terra de Israel de uma maneira especial e de igual maneira escolheu o povo que iria habitar nela.Não achando entre os cananeus que habitavam , em Canaã, homens  dignos de ser chamados “Povo de Deus”, Jeová  escolheu Abraão ( Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. Gênesis 12:1) Saído de Ur dos Caldeus, este homem foi especialmente designado para ser a vide excelente que seria ,raiz e principal tronco  de toda a videira de Israel.

                Toda lavoura de uvas tinha uma torre, “e edificou no meio dela uma torre” , um local de onde se podia ver toda a lavoura para se fazer a vigilância, tanto de ladrões como de animais que poderiam invadir a videira.Israel na sua geografia, tem o monte Ararat e também uma cadeia de montanhas na região central de Israel.  “..., sobre os montes de Ararate. Gênesis 8:4.” “ E sucedeu que, chegando ele, tocou a buzina nas montanhas de Efraim, e os filhos de Israel desceram com ele das montanhas, ... Juízes 3:27”

                  Deus “cercou” a sua vinha, esteve envolvendo a vida de Abraão, Isaque,Jacó e José.Mesmo no exílio, no Egito , durante a escravidão, Deus não esquecera de seu povo escolhido.  “E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus da sua aliança com Abraão, com Isaque, e com Jacó; Êxodo 2:24

                  Deus pôs um lago na sua vinha. “E aconteceu que, apertando-o a multidão, para ouvir a palavra de Deus, estava ele junto ao lago de Genesaré; Lucas 5:1” Além de um litoral  e do Rio Jordão que corta a nação de norte a sul, pôs o Mar Morto, que recebeu este nome após Deus ter destruído Sodoma.

                “e também construiu nela um lagar” Um lagar era fundamental, era o local em que se beneficiaria  as uvas, um lugar para tornar o fruto da videira em um produto nobre.As uvas à medida em que eram produzidas eram levadas ao lagar, para delas se extrair o suco.

                 O lagar de Israel era o templo,onde todas as uvas tinham que ir para se tornar pessoas melhores.No templo de Salomão, todo o Israel vinha prestar contas dos seus frutos,  pedir a Deus que lhes aperfeiçoasse.

                 Com todas estas condições favoráveis,Deus esperava que, naturalmente, o Povo de Israel fosse um povo ordeiro,pacífico e justo com seus irmãos.Mas as uvas eram  bravas, amargas que não se podiam comer.Deus queria uma nação-modelo para o resto  do mundo,mas eles não entenderam e saíram do propósito inicial,do chamado do Eterno.

               Isaías 5, 3.Agora, pois, ó moradores de Jerusalém, e homens de Judá, julgai, vos peço, entre mim e a minha vinha. Deus através de Isaías estava dizendo que exigiria prestação de contas de Israel e de tudo que Ele fez para seu povo.E convida a nação a expor suas razões,para ver se podia se justificar diante e da falta que cometeram.Deus ainda dá uma chance para o povo expor suas razões, embora sabemos que eram culpados de negligenciar as bênçãos de Deus. (Faze-me lembrar; entremos juntos em juízo; conta tu as tuas razões, para que te possas justificar. Isaías 43:26 )

                Isaías 5, 4.Que mais se podia fazer à minha vinha, que eu lhe não tenha feito? Por que, esperando eu que desse uvas boas, veio a dar uvas bravas?Não havia mais nada a ser feito,Deus tinha suprido o seu povo , tinha cuidado da sua vinha,mas as uvas eram bravas. Deus esperou que dessem uvas boas. “E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo... Êxodo 19:6

               “Isaías 5 ;5 e 6 .Agora, pois, vos farei saber o que eu hei de fazer à minha vinha: tirarei a sua sebe, para que sirva de pasto; derrubarei a sua parede, para que seja pisada; .E a tornarei em deserto; não será podada nem cavada; porém crescerão nela sarças e espinheiros; e às nuvens darei ordem que não derramem chuva sobre ela.”

                 Temos o juízo de Deus sobre sua vinha,sem a sebe, sem acerca viva que a  protege, servirá de pastagem para animais;sem a parede será invadida; sem a irrigação, que tinha no início se tornaria em uma terra árida e desértica, não será podada, não será cuidada por Deus de seus inimigos naturais.Nela crescerão espinheiros e sarças, um povo ruim que não dá frutos nasceria em Israel.E como Deus comanda o universo, daria ordem às nuvens para não derramarem água sobre aquela terra.Israel foi mudada de um jardim como do Éden,para um torrão seco,e sem paz, por não ter obedecido ao Senhor,que apenas queria que fossem Justos e referência para as outras nações. “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Mateus 5:16

               “Isaías 5 7.Porque a vinha do SENHOR dos Exércitos é a casa de Israel, e os homens de Judá são a planta das suas delícias; e esperou que exercesse juízo, e eis aqui opressão; justiça, e eis aqui clamor” Por conta disso Israel perdeu o direito de habitar na vinha por longos séculos. “E espalhar-vos-ei entre as nações, e desembainharei a espada atrás de vós; e a vossa terra será assolada, e as vossas cidades serão desertas. Levítico 26:33”

               Por Jeremias Deus diz: “Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos: Cortai árvores, e levantai trincheiras contra Jerusalém; esta é a cidade que há de ser castigada, só opressão há no meio dela. Jeremias 6:6

               Quando Jesus esteve na terra, em carne, ele falou aos judeus sobre a vinha de seu pai “Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Mateus 7:16” O filho de Deus sabia que os seus compatriotas tinham perdido o foco e, em vez de  frutos, davam espinhos.

                Veja esta parábola de Jesus: “Marcos 12; 1 a 9 . E começou a falar-lhes por parábolas: Um homem plantou uma vinha, e cercou-a de um valado, e fundou nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e partiu para fora da terra.E, chegado o tempo, mandou um servo aos lavradores para que recebesse, dos lavradores, do fruto da vinha.Mas estes, apoderando-se dele, o feriram e o mandaram embora vazio.E tornou a enviar-lhes outro servo; e eles, apedrejando-o, o feriram na cabeça, e o mandaram embora, tendo-o afrontado.E tornou a enviar-lhes outro, e a este mataram; e a outros muitos, dos quais a uns feriram e a outros mataram.Tendo ele, pois, ainda um seu filho amado, enviou-o também a estes por derradeiro, dizendo: Ao menos terão respeito ao meu filho.Mas aqueles lavradores disseram entre si: Este é o herdeiro; vamos, matemo-lo, e a herança será nossa.E, pegando dele, o mataram, e o lançaram fora da vinha.Que fará, pois, o senhor da vinha? Virá, e destruirá os lavradores, e dará a vinha a outros”.

                  Nesta parábola Jesus ensina que  Deus , o dono da vinha, tentou por meio dos profetas e sacerdotes obter os frutos de sua vinha, mas não conseguiu, pois as uvas bravas maltratavam os servos do Senhor, transformaram a vinha em covil. "E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões. Mateus 21:13 "

                Jesus diz que o dono da vinha mandaria aos arrendatários, o seu filho.Como autoridade e herdeiro legítimo da vinha,Jesus veio, mas os judeus quando viram que Jesus era o filho do dono pensaram em matá-lo para ficar definitivamente com o Israel espiritual e a adoração ao Deus verdadeiro.Seria enfim, exclusividade deles.A adoração no templo nos tempos de Cristo poderia ser uma atividade lucrativa, Jesus diz que o lugar da adoração tinha se tornado um lugar de comércio.A  atividade espiritual tinha se tornado uma atividade de exploração a ponto de ter cambistas no templo. "E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; Mateus 21:12"

                 Em Isaías temos juízo terreno ,sequidão terrena, prisão material de Israel. Em Jesus temos o juízo espiritual de Israel, a sequidão espiritual de Judá, temos a prisão do entendimento sobre a vinda do Messias.Em um momento Deus tratou dos bens terrenos de Israel e depois dos bens espirituais.

                A parábola de Isaías se cumpriu na geografia de Israel físico, no exílio, nas mudanças climáticas  e os judeus foram desarraigados de sua nação para o mundo inteiro.Em Jesus, a parábola fala dos frutos do Reino de Deus que foram tirados de Israel e lançados para todos os povos da terra , pelo derramar do Espírito Santo.

               Os próprios judeus deram sua sentença. “Dizem-lhe eles: Dará afrontosa morte aos maus, e arrendará a vinha a outros lavradores, que a seu tempo lhe dêem os frutos. Mateus 21:41”  Neste versículo está declarado que após a morte do Filho do dono da vinha, a vinha seria dada a outros que dessem fruto a seu tempo.

                  Hoje a obra maior de Deus é Jesus, ele nos foi dado  por Deus e nele temos de dar fruto. “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. João 15:1”  Aqui temos a visão completa do plano  de Deus e somos obrigados a dar fruto.“Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João 15:5”

                  Mas, assim como Israel, somos desafiados a dar fruto em Cristo ,ou seremos a  exemplo da Israel natural, tirados da videira. Jesus disse: “Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. João 15:2” Ou seremos tirados, ou limpos para frutificar,depende de nós.

                   Paulo avisa: “Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também. Romanos 11:21”  Se Deus não poupou Israel que era naturalmente descendente de Cristo, não poupará a nós, que somos enxertados por isso somos chamados a dar frutos.

                   Em troca, Deus cuidará de nós, com sua sebe e muro de poder e graça, com  os mananciais do Espírito Santo e nos manterá livres das pragas, pela cobertura do sangue de seu Filho, morto fora da vinha!

                   Que o Grande Lavrador, e a Videira Verdadeira, estejam sempre contigo para que frutifiques no Reino de Deus!!

                                                                                             Dc Nelson Quadros.      07/2011

Neste tema leia também. http://nelsonquadros.no.comunidades.net/index.php?pagina=1618889827