A Palavra de Deus Revelada ao homem.

O Rico chamado Lázaro!!

O Rico chamado Lázaro!!

Nelson Quadros

Texto Base                

Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado”. 
Lucas 16:19-22

 

 O capitulo 16 do Evangelho de Lucas trata de riquezas e pobreza e administração de ambas. Do versículos 1 a 9 temos a parábola do mordomo infiel e como a má administração das suas posses o poderiam levar a distanciar-se de Deus .Veja  neste link .http://nelsonquadros.do.comunidades.net/index.php?pagina=1618507132

 

                E na seqüência mais alguns ensinamentos sobre as riquezas e o perigo de não darmos a devida atenção ao Senhor em detrimento dos bens materiais.

 

                O texto citado no inicio do artigo trata de uma história que Jesus conta sobre dois homens, um rico e o mendigo. Ambos se viam diariamente, eram conhecedores do Torá, e poderiam ter se beneficiado grandemente da existência mútua.

 

 

O homem rico como se sabe, vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, sendo púrpura a cor da realeza, dando a entender que a riqueza deste homem o fazia se portar como um rei, e o linho mais que fino, mas finíssimo, roupas da mais alta qualidade, para ostentar as suas posses. A maneira de vestir fala muito sobre um homem, é no primeiro contato visual que diante de uma pessoa desconhecida podemos notar se ela é rica ou pobre , se está se vestindo de forma elegante  ou está maltrapilha.

                            O homem natural usa as roupas para passar uma mensagem. Quando usamos uma roupa por um motivo  especial, esta roupa está falando de nós e através de nós.Somos chamados a glorificar a Deus em nosso corpo, além de alma e espírito dando a entender que a obra que Jesus faz no coração repercute invariavelmente no exterior da pessoa que é nascida de novo. “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. 1 Coríntios 6:20”

 

 

O rico ostentava a sua riqueza através do seu modo de vestir, tinha farta comida, e vivia regaladamente, esplendidamente, nada lhe faltava tinha os confortos que se podia ter naquele tempo.Não é pecado ser rico mas sim confiar somente nas riquezas. “... ; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus!Marcos 10:24”

 

                      Na porta deste rico havia o Lázaro, o fato de estar na porta nos indica algumas coisas interessantes: O rico certamente sabia da existência do mendigo enfermo pois sempre entrava ou saia de sua casa tinha que passar pela porta onde estava Lázaro.O mendigo estava a procura de alcançar as migalhas , os restos que sobravam da mesa do rico, que na sua opulência e ostentação esbanjava e  certamente a criadagem  colocava algum resto de comida no lixo e o mendigo esperava se alimentar com as sobras.

 

 

                       A expressão “ jazia”  pode ter dois sentido, um em que jazer é descansar, quem sabe o pobre homem busca descanso das lutas das dores á porta daquele rico, após mendigar pelas ruas o mendigo descansava ali, certamente  o rico morava em um bairro nobre possivelmente no centro das cidade.Também jazer pode ser em um sentido de morrer, ou estar próximo do descanso eterno, pois  Lázaro estava próximo ao descanso eterno  da morte física, pois tinha um estado de saúde debilitado.

 

 

                        Os cães vinham lhe lamber as  chagas, este homem tinha feridas expostas, que não cicatrizavam e certamente pelo cheiro que exalavam atraiam os cães.Isaias nos descreve que as chagas podem ser tratadas, espremidas para tirar o pus , amolecidas com óleo medicinal preparado para tratar chagas , e ligadas ou seja cobertas com ataduras para evitar o contato com sujeira e germes. “Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã, senão feridas, e inchaços, e chagas podres não espremidas, nem ligadas, nem amolecidas com óleo.Isaías 1:6

 

 

Certamente que havia um processo de evitar o apodrecimento, colocar óleo para amolecer as feridas  e espremer o inchaço  para expurgar e depois atar com bandagem  mas este processo tinha um custo e tinha que ser feito por alguém com conhecimento para tanto.Pode ser que Lázaro  não tivera condições de manter o tratamento , chegando a um estado lastimável.Possivelmente  pela enfermidade ele não pudesse trabalhar e no tratamento gastou os recursos que tinha chegando a um estado deplorável.

 

 

A enfermidade pode ter sido o motivo do seu infortúnio.O mendigo não era vadio, mas sim impossibilitado por enfermidades, visíveis.O  rico não poderia dizer que o mendigo era um aproveitador  pois sua feridas eram evidentes.Jesus descreve o estado de saúde do homem pobre para nos conscientizar da sua extrema necessidade. “As minhas chagas cheiram mal e estão corruptas, ... .Salmos 38:5

 

 

                Lázaro, debilitado e enfermo sem ser ajudado faleceu. Foi levado pelos anjos ao seio de Abrão, significa nos nossos dia que ele foi morar com Jesus, já Abraão era  uma das maiores referencia pra os Judeus do primeiro século.O mendigo alcançou  a salvação de sua alma não por ser pobre mas por ser justo.

               O rico também morreu e foi sepultado.Aqui vimos uma diferença  entre os dois pois do rico não se fala que tenha sido levado por anjos mas sim para uma cova. E logo o vemos em um lugar de tormento, clamando por uma misericórdia que ele não soube demonstrar em vida.O rico não foi salvo por ser rico , mas sim por não ser misericordioso. “E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.Lucas 16:24”

 

 

                       O homem vê assim : 1 )Ao narrarmos esta cena vemos um homem rico feliz e farto portanto de nada precisa,  e de tudo pode oferecer, gostaríamos de ser como ele.

                                                        2)Vemos um homem pobre e enfermo nada tem a oferecer ao rico, e de tudo tem falta, não gostaríamos de estar uma situação assim.

 

                        Mas Deus vê assim: Um homem que as suas obras cheiram mal, e que é louco, carente de salvação, tem nas riquezas a sua confiança e apesar de conhecer a Bíblia a ponto de se achar filho de Abraão (filho de Deus) não pratica o que conhece sendo para Deus um miserável que  nada tem para oferecer para uma alma carente, ajuntava tesouros mas não era rico para com Deus. .” E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga.Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus. Lucas 12:19-21

  

                         Deus vê lázaro um homem justo, não um vadio, um homem que tem fome, e enfermo e pobre, nu , o próprio Jesus se identifica com estas pessoas que não tem oportunidades na vida veja. “Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes .Mateus 25:35-40 “ O Senhor Jesus considera que se fizermos o bem a uma pessoa nas condição de Lázaro estaremos fazendo para ele mesmo.A cena descrita anteriormente é uma cena de Juízo e separação entra salvos e condenados, como na cena de rico e Lázaro.

 

                           Deus não vê  como o home vê : “Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração.1 Samuel 16:7

 

 

                         Então na ótica de Deus o miserável era o rico, e Lázaro era o próspero e estava na porta do rico para que ele tivesse uma oportunidade de salvação. Lázaro significava  para o rico uma oportunidade de cumprir os mandamentos do Senhor, e vir a ser abençoado através da vida do mendigo.

                         O rico era bonito por fora mas podre por dentro, Lázaro era podre por fora mais rico por dentro.

                           O Antigo Testamento ensina o seguinte para um rico com um mendigo em sua porta: “Quando entre ti houver algum pobre, de teus irmãos, em alguma das tuas portas, na terra que o SENHOR teu Deus te dá, não endurecerás o teu coração, nem fecharás a tua mão a teu irmão que for pobre;Deuteronômio 15:7

A Bíblia é claríssima quando diz não endureça o teu coração não feche a mão a um pobre na tua porta.

                         

                      Jesus foi o maior exemplo de humildade, inclusive nas vestes, e condenava a ostentação, nos ensina a não julgar pela aparência. O homem por vezes dá ao rico lugar de honra e ao pobre lugar menos importante. “E atentardes para o que traz o traje precioso, e lhe disserdes: Assenta-te tu aqui num lugar de honra, e disserdes ao pobre: Tu, fica aí em pé, ou assenta-te abaixo do meu estrado .Tiago 2:3

 

                                Deus não nos julga por aparência mas sim pelo nosso coração, não adianta vivermos ostentando algo para o homem , Jesus te conhece como nenhum outro e sabe que verdadeiramente você é. Deus tem reservado as bênçãos para seus filhos queridos  mas também a maldição para os que não dão crédito á sua voz.

  

                            Faça hoje a tua escolha , sirva ao Senhor não pelas glórias terrenas mas sim para ser chamado na glória vindoura. “Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;Mateus 25:34”

Deus tem algo especial preparado para ti, sirva ele agora antes que venha a noite.

                                                      Dc Nelson Quadros                01/12