A Palavra de Deus Revelada ao homem.

Ensina o menino no caminho.

Ensina o menino no caminho.

pai e filho

 Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.24De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.25Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.Gl 5.23 a 25"

                   O conceito de tutor  é muito forte nos dias atuais, não no sentido como era na antigo testamento, mas de outras formas como por exemplo, o tutorial de um programa da web deriva da palavra "tutor" que significa ensinar passo a passo.Tambem o termo "conselho tutelar" vem do antigo conceito de cuidar de uma criança.Tutor significa um indivíduo que protege, dá amparo e defende outra pessoa. O tutor é um protetor de outro, geralmente são crianças e pessoas que não tem condições de se defender ou de cuidar de si mesmo.

                   No Antigo Testamento, e até nos tempos do Novo Testamento era muito comum um pai deixar seu filho aos cuidados de um guardião legal que era o responsável pela sua educação. Geralmente homens ricos deixavam seus filhos pequenos aos cuidados de um  tutor para que o educasse e criasse numa certa linha ideológica que sempre era definida pelo paina escolha do tutor.Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo;Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai."

                   O termo curador é utilizado pelo apóstolo Paulo para descrever  a condição de alguém que cuida dos bens de outra pessoa,que por um momento é incapaz de faze-la. Curadoré todo ocidadãoque tem a incumbência de tratar dosbensou negócios daqueles que estão incapacitados de o fazer, como órfãos menores, toxicómanos, doentes mentais ou inválidos.

                   Para explicar como a lei , foi apenas uma forma que Deus criou para levar  o povo de Israel até Cristo, o apóstolo Paulo usa alguns termos como "aio", "tutor" e "curador". Logo somos levados a pensar que Deus que é o pai deixou os israelitas aos cuidados da lei , que em si representava,a apontava para Cristo , para que o povo fosse ensinado  e quando atingisse a maturidade espiritual fosse devolvida pelo tutor para o pai verdadeiro. "Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.Colossenses 2:16-17" O lei representava na sua totalidade a ideologia de criação do Pai.

                   Então quando chega o tempo em que o menino é devolvido para o pai , ele está educado e criado para conhecer e obedecer os preceitos que o aio ensinou a pedido do progenitor.

                       Logo somos levados a pensar em nossos filhos, que na verdade não são nossos pois tudo é do Senhor. "Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?1 Coríntios 6:19"

                         Nossos filhos nos são dados por um tempo, por Deus para que nós os eduquemos como tutores e curadores de filhos que na verdade com o tempo assumirão o paternidade do Pai eterno, pois Jesus mesmo ensina. "E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.Mateus 23:9"

                           Nós como pais de nossos filhos temos sempre que lembrar que somos cuidadores de um bem precioso e inalienável, a saber pessoas que o Senhor coloca em nossa guarda, mas que um determinado tempo o Pai eterno irá requerer  a tutela de nossos filhos. "Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.Salmos 127:3" Temos que cuidar deles e zelar para entregar ao Pai em condições de reconhecê-lo.Criá-los na ideologia do Criador.

                           Então o que temos é o seguinte: Assim como a lei cuidou, guiou e revelou o povo de Israel até Cristo no tempo da sua meninice, nós temos que cuidar de nossos filhos sermos uma referencia de Deus , e prepará-los para um dia eles passam ser totalmente restituídos ao Senhor. "Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo;Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai."                    

                            Na lei temos os dez mandamentos que tratam do relacionamento do homem com Deus , e depois tratam do relacionamento do homem com o homem sendo que  Jesus resume os dez em dois que seria amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo. "Mestre, qual é o grande mandamento na lei?E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.Este é o primeiro e grande mandamento.E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.Mateus 22:36-40"

                         O quinto mandamento, trata do relacionamento dos filhos para com os pais.Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá. Ex 20,12 Deus tem uma grande preocupação no relacionamento familiar e especialmente no relacionamento pai e filho, pois representa o relacionamento entre Deus e o homem.

                           Tão grave era desobedecer os pais na antigo testamento que a  pena era a morte por apedrejamento. "Quando alguém tiver um filho contumaz e rebelde, que não obedecer à voz de seu pai e à voz de sua mãe, e, castigando-o eles, lhes não der ouvidos,Então seu pai e sua mãe pegarão nele, e o levarão aos anciãos da sua cidade, e à porta do seu lugar;E dirão aos anciãos da cidade: Este nosso filho é rebelde e contumaz, não dá ouvidos à nossa voz; é um comilão e um beberrão.Então todos os homens da sua cidade o apedrejarão, até que morra; e tirarás o mal do meio de ti, e todo o Israel ouvirá e temerá.Deuteronômio 21:18-21"

                          Nos parece muito grave e forte pensar que oDeus de amor ordene que um filho rebelde que é comilão e beberrão , que não ouve seus pais deva ser levado para fora da porta da cidade e apedrejado até que morra. Devemos lembrar que a lei é sombra dos bens futuros e  hoje na verdade um filho que não ouve a seu pai (Deus) e que é rebelde á sua palavra, verdadeiramente  acaba fora da comunhão e morre   pois o salário do pecado é morte a  separação eterna do Senhor. Atualmente temos muitos filhos que se rebelam contra seus pais e acabam mortos espirituais. "Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.1 João 5:12"

                         Os pais terrenos tem uma grande responsabilidade pois representamos ao Senhor para nossos filhos. Veja a tarefa do pai é ser como um deus para seu filho.O pai terreno deve se portar para seus filhos como figura do pai celestial.Se Deus supre nossas faltas , nós assim fazemos para nossos filhos.Nós pais somos a segurança das nossas crianças como Jesus é a nossa segurança. Devemos tratá-los como Deus nos trata, com amor , com proteção com zelo, com doutrina com limites para que ao tempo certo nós como curadores possamos entregar nossos filhos  ao Senhor e  eles não terãodificuldade de obedecer e interagir com Deus. Da mesma forma devemos preparar nossos filhos para serem aceitáveis ao Senhor e não passarmos uma imagem errada de Deus para nossos filhos.

                         Veja como o  escritor de Hebreu compara a criação humana com a criação de Deus.E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por ele fores repreendido;Porque o Senhor corrige o que ama,E açoita a qualquer que recebe por filho.Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos.Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos?Hb 12, 5 a 9

                        Exatamente como nossos pais terrenos nos cuidam dos filhos,assim Deus cuida de nós.

                       Os pais são uma figura de Deus, nós devemos nos parecer com Deus , agir como  Deus, doutrinar nossos filhos como Deus, pois afinal o Senhornos fez parecidos com ele.: "E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.Gênesis 1:27" Também o rei Davi confirmado por Cristo disse: "Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses?João 10:34Pois, se a lei chamou deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida, e a Escritura não pode ser anulada,João 10:35" Não estou criando doutrina estranha mas apenas fazendo lembrar da nossa responsabilidade para nos parecermos com o Senhor diante de nossos filhos.

                         A autoridade que Deus coloca nos pais deve ser obedecida pelos filhos pois é da mesma forma que o filho se relaciona com seus pais terrenos , no futuro ele vai tratar o Pai celestial. A autoridade dos pais sobre os filhos é uma figura da autoridade de Deus , pois quem resiste aos pais  e é rebelde, pode no futuro rejeitar a soberania de Deus.Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus.Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.Rm 13, 1-2

                       Filho que não obedece autoridade se rebela contra  Deus .

                       No novo testamento o Pai se apresenta e toma o filho do tutor, usa uma infinidade de figuras para ilustrar que Deus é pai e o relacionamento entre pai e filho é muito usado para ilustrar o relacionamento entre nós  e Deus. Veja que devemos tratar  nossos filhos com amor , porque Deus nos trata assim e fazendo isto estamos representando Deus para nossos filhos. "E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião?Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?Lucas 11:11-13"


                   Outro momento na  Parábola do filho pródigo, o sólido conceito deste relacionamento vem novamente á tona onde Deus é pai, e trata de seus filhos, com amor e perdão.Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo;2Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai.3Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo.4Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,5Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.6E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. Gl. 1 a 6

                     Os pais não devem  abusar de sua autoridade fazendo com que os filhos fiquem irados e confusos com a disciplina pois a autoridade mal empregada gera opressão e Deus é um Deus de amor e não de opressão. "E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor. Efésios 6:4"

                        Os filhos devem se submeter á autoridade dos pais pois , isto vem de Deus e não há temor em se submeter a uma autoridade, se  nós estamos fazendo a coisa certa."Porque as autoridades não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela. Romanos 13:3"

                       Na oração que Jesus nos ensinou ele nos convida a falar com nosso Pai, e estabelece uma relação de intimidade e comunhão, também ao ensinar a orar ao pai que vê em secreto. "Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Mateus 6:9" e  "Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. Mateus 6:6"

 

                  Oremos para que Deus nosso Pai nos dê a capacidade e sabedoria do alto para criar nossos filhos na direção do Senhor, pois no tempo certo teremos que entregar para o Criador do universo.

                          Nosso compromisso é educar os filhos para continuarem no caminho do Senhor. "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. Provérbios 22:6"

                          A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.

                                                                                     Pb Nelson Quadros  02/2014