A Palavra de Deus Revelada ao homem.

A Vinha de Nabote

A Vinha de Nabote

            Vinha de Nabote  

 

                       “E sucedeu depois destas coisas que, Nabote, o jizreelita, tinha uma vinha em Jizreel junto ao palácio de Acabe, rei de Samaria.Então Acabe falou a Nabote, dizendo: Dá-me a tua vinha, para que me sirva de horta, pois está vizinha ao lado da minha casa; e te darei por ela outra vinha melhor: ou, se for do teu agrado, dar-te-ei o seu valor em dinheiro.Porém Nabote disse a Acabe: Guarde-me o SENHOR de que eu te dê a herança de meus pais. 1 Reis 21:1-3

                      Havia um homem chamado Nabote que viveu nos tempos de Acabe, o sétimo rei de Israel. Este homem possuía uma vinha, ou seja, um terreno que herdara de seu pai com uma lavoura de uvas, na sua propriedade que por acaso era vizinho da casa de Acabe em Jizreel.

                       Os judeus tinham leis acerca da manutenção do patrimônio de família, está registrado em Números, que um homem deveria fazer todo possível para que a herança de seu pai pudesse seguir na sua família. “E qualquer filha que herdar alguma herança das tribos dos filhos de Israel se casará com alguém da família da tribo de seu pai; para que os filhos de Israel possuam cada um a herança de seus pais.Assim a herança não passará de uma tribo a outra; pois as tribos dos filhos de Israel se chegarão cada uma à sua herança. Números 36:8-9

                         Da mesma forma em Levítico , temos uma advertência sobre a venda da terra.“Também a terra não se venderá em perpetuidade, porque a terra é minha; pois vós sois estrangeiros e peregrinos comigo.Portanto em toda a terra da vossa possessão dareis resgate à terra.Quando teu irmão empobrecer e vender alguma parte da sua possessão, então virá o seu resgatador, seu parente, e resgatará o que vendeu seu irmão. Levítico 25:23-25

                         Quando uma família era muito pobre e tivesse que vender a sua herdade havia uma garantia que a cada cinquenta anos a terra voltaria a ser posse do vendedor, mesmo que este não tivesse como comprar de volta a terra .No quinquagésimo ano o comprador  teria que devolver pois a herança daquela família e não devia ser desfeita. “Então contará os anos desde a sua venda, e o que ficar restituirá ao homem a quem a vendeu, e tornará à sua possessão.Mas se não conseguir o suficiente para restituí-la, então a que foi vendida ficará na mão do comprador até ao ano do jubileu; porém no ano do jubileu sairá, e ele tornará à sua possessão. Levítico 25:27-28

                         Por estas razões  Nabote disse que se vendesse  a sua vinha estaria pecando contra seu pai, e contra uma ordenança de Deus.Além disso as videiras tinham uma vida longa e é possível que esta vide tenha sido cultivada pelo seu pai tendo assim um valor sentimental incalculável.Era o legado da geração passada que Nabote tinha que deixar para geração futura.

                         A videira produzia vinho e sucos, e mel de uvas que  é um xarope feito a partir do suco da uva , Assim por alegoria entendemos que a videira era a alegria de Nabote.Também na Santa Ceia o fruto da vide é usado para lembrar a morte de Cristo, e nossa comunhão com Ele, da mesma forma a vinha  era a sua comunhão com Deus e com seus pais.Era sua fonte de renda e propriedade de Deus sendo ele apenas o arrendatário conforme em  Levítico, Deus afirmara. “Também a terra não se venderá em perpetuidade, porque a terra é minha

                   Agora entendemos mais facilmente porque Nabote não aceitou uma quantia em dinheiro ou  o terreno maior  que escolhesse, pois o  rei tinha poder para lhe dar o que pedisse. Nabote era temente a Deus ele sabia que sua vinha era sua herança no Senhor, sua alegria e sua comunhão com Ele. Estas coisas não estão à venda e não pode ser avaliado por dinheiro, nenhum crente deveria jamais aceitar oferta alguma que pudesse comprometer sua comunhão com o Pai, sua herança eterna na glória.A obediência aos preceitos do Senhor são a chave da vida cristã vitoriosa.

                   Acabe era um rei mau aos olhos de Deus  e sendo casado com uma rainha pagã que não tinha temor de Deus foi por ela conduzido ao erro. “Então Jezabel, sua mulher lhe disse: Governas tu agora no reino de Israel? Levanta-te, come pão, e alegre-se o teu coração; eu te darei a vinha de Nabote, o jizreelita. 1 Reis 21:7” A promessa de Jezabel para Acabe é que ela lhe daria a vinha, e com o anel do rei ela mandou cartas para ajustar a morte de Nabote, e sabemos que o sinete de um rei á sua autoridade e sua identidade, e Acabe deu sua autoridade e identidade para uma mulher sem temor e sem sabedoria de Deus, tornando-se assim tão culpado pela morte arranjada de Nabote quanto as pessoas que realmente o mataram.

                   Temos que vigiar como crentes em Cristo para não dar ouvidos a Jezabel (satanás) e dar autoridade a ele para nos conduzir ao erro, quando pecamos estando dando legalidade ao inimigo para agir na nossa vida, sinete é selo é autoridade. “Então escreveu cartas em nome de Acabe, e as selou com o seu sinete; 1 Reis 21:8” Somos selados pelo Espírito devemos preservar isto. “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.”

                  Jezabel era má e idólatra, desprovida da graça de Deus e sabemos uma mulher tem poder no seu lar para edificar ou para destruir. “Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos. Provérbios 14:1

                      Neste caso Jezabel tramou a morte de Nabote com um  julgamento arranjado, ajustando testemunhas mentirosas afirmando que ele teria pecado contra seu rei e seu Deus. “E escreveu nas cartas, dizendo: Apregoai um jejum, e ponde Nabote diante do povo.E ponde defronte dele dois filhos de Belial, que testemunhem contra ele, dizendo: Blasfemaste contra Deus e contra o rei; e trazei-o fora, e apedrejai-o para que morra. 1 Reis 21:9-10

                       Nabote foi fiel até o fim, apesar de morto pelos anciões da sua cidade, por um crime que não cometeu, ele não renunciou á obediência e a sua alegria da comunhão com o Senhor. Nabote sempre soube que a vinha era do Senhor ele apenas era um mordomo que deixaria para seus filhos um legado. Com sua morte  a vinha ficou sem dono e Acabe veio a tomá-la.

                         Outra verdade bíblica é que o que o homem plantar isto colherá, e após ter matado juntamente com sua mulher a Nabote, Acabe tinha atraído sobre si um julgamento inevitável. “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Gálatas 6:7” e “Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. Mateus 7:2

                       O sangue inocente de Nabote derramado após um julgamento arranjado com testemunhas falsas, clamava como o sangue inocente de Abel que depois de morto pedia por justiça diante do Senhor, o supremo juiz. “E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. Gênesis 4:10

                        Jezabel atraiu para si a mesma condenação, pois após a morte de Nabote Deus envia seu servo Elias (Jeová é Deus) para pronunciar juízo sobre Acabe.  “Levanta-te, desce para encontrar-te com Acabe, rei de Israel, que está em Samaria; eis que está na vinha de Nabote, aonde tem descido para possuí-la.E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o SENHOR: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote lamberão também o teu próprio sangue. 1 Reis 21:18-19

                       Como ocorreu com  Nabote, o rei ficaria sem descendência , ao tentar tomar a herança de seu súdito ele ficou sem herdeiros  na terra. “E disse Acabe a Elias: Já me achaste, inimigo meu? E ele disse: Achei-te; porquanto já te vendeste para fazeres o que é mau aos olhos do SENHOR.Eis que trarei mal sobre ti, e arrancarei a tua posteridade, e arrancarei de Acabe a todo o homem, tanto o escravo como o livre em Israel; 1 Reis 21:20-21

                        Nabote estava com Deus na glória e sua vinha estava livre das garras de satanás, pois acima de tudo Deus está no controle.

                         Certo pregador disse que se nós ao lermos a Bíblia Sagrada não encontrar Jesus em cada página deveríamos ler com mais atenção. E eu vejo Deus  anunciando o seu plano para a humanidade nesta passagem.

                           Vamos ler com  atenção  um texto dito por Jesus em que Deus é o dono da vinha(A igreja) Jesus é seu filho, que cuidava da vinha como Nabote cuidava da vinha de seu pai. “Ouvi, ainda, outra parábola: Houve um homem, pai de família, que plantou uma vinha, e circundou-a de um valado, e construiu nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se para longe.E, chegando o tempo dos frutos, enviou os seus servos aos lavradores, para receber os seus frutos.
                          E os lavradores, apoderando-se dos servos, feriram um, mataram outro, e apedrejaram outro.Depois enviou outros servos, em maior número do que os primeiros; e eles fizeram-lhes o mesmo.E, por último, enviou-lhes seu filho, dizendo: Terão respeito a meu filho.
                         Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; vinde, matemo-lo, e apoderemo-nos da sua herança.E, lançando mão dele, o arrastaram para fora da vinha, e o mataram.Quando, pois, vier o senhor da vinha, que fará àqueles lavradores?Dizem-lhe eles: Dará afrontosa morte aos maus, e arrendará a vinha a outros lavradores, que a seu tempo lhe dêem os frutos. Mateus 21:33-41

                          No texto citado vemos Jesus se declarando o cuidador da vinha de seu pai, como Nabote, ele foi acusado por testemunhas falsas e  por um júri de anciões com poder mas sem caráter.

                          Foi  condenado e morto por aqueles que queriam tomar a vinha. O crime por que Jesus foi falsamente condenado foi de pecar contra Deus e contra o rei, pois os fariseus não aceitavam a sua autoridade de filho do dono da vinha e herdeiro do Pai eterno. “E, chegando a manhã, todos os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos do povo, formavam juntamente conselho contra Jesus, para o matarem;E maniatando-o, o levaram e entregaram ao presidente Pôncio Pilatos. Mateus 27:1-2

                        O julgamento de Jesus também foi arranjado como o de Nabote. “E os principais dos sacerdotes e todo o concílio buscavam algum testemunho contra Jesus, para o matar, e não o achavam.Porque muitos testificavam falsamente contra ele, mas os testemunhos não eram coerentes. Marcos 14:55-56” as testemunhas que mataram Nabote eram filhos de belial ,deus  pagão do vinho e bebidas fortes, eram bêbados  assim como quem testemunhava contra Cristo não tinham coerência.

                        Os fariseus que mataram Jesus, segundo as suas próprias palavras, sabiam que ele era o filho e que o vinha não podia ser vendida, (Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro. Atos 8:20) então o mesmo espírito de satanás que estava em Jezabel se apoderou dos religiosos e para tomar a vinha, tramaram a morte do filho do dono. “Este é o herdeiro; vinde, matemo-lo, e apoderemo-nos da sua herança.E, lançando mão dele, o arrastaram para fora da vinha, e o mataram.

                      Segundo as palavras dos fariseus o juízo viria sobre eles. “Dará afrontosa morte aos maus, e arrendará a vinha a outros lavradores, que a seu tempo lhe dêem os frutos. 

                       Mas após a morte de Cristo o derramar de seu sangue inocente  os religiosos foram tomar conta da vinha, mas assim como no caso de Acabe o Espírito Santo interfere e surge para nos dizer que a vinha tem dono, Deus é o dono da igreja.E o sangue inocente de Cristo seria vingado, na descendência dos religiosos como foi com Acabe. “E, respondendo todo o povo, disse: O seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos. Mateus 27:25

                      A Ele devemos obediência e temor .

                       Hoje sabemos que Jesus é  a vinha e o Pai o lavrador. “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. João 15:1” Satanás está a todo tempo tentando tirar de nós a nossa vinha a nossa herança a nossa alegria a nossa comunhão com o Pai, pois a vinha (Cristo) significa tudo isto no nossa vida.

                      O espírito de Jezabel ainda vive é citado por Jesus para João em Apocalipse . “Mas tenho contra ti que toleras Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria. Apocalipse 2:20”  

                       Assim como Acabe ofereceu uma vinha maior para Nabote o inimigo da nossa alma nos oferece maior  alegria , e riquezas em troca da nossa comunhão com Deus, sabemos que nada pode dar mais satisfação para o crente do que estar ligado a sua videira. “Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João 15:5

                 Amado irmão em Cristo saiba que Nabote não renunciou sua comunhão por ofertas do mundo, Jesus não  deixou de trabalhar na vinha do Pai, e nós hoje somos desafiados a seguir o mesmo caminho de obediência e resistência ás ofertas do diabo. “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7

                 Sobre tudo o que se deve guardar guarda o teu coração, pois dele precedem as saídas da vida.

                 Que a graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.

                                                 Dc  Nelson Quadros.       02/2013