A Palavra de Deus Revelada ao homem.

A força da Igreja.

A força da Igreja.

união

                  Estamos vivendo um tempo de grande avivamento em nossa nação e também um tempo de liberdade espiritual para pregar o Evangelho Eterno, de modo que nada pode parar a igreja. Nem a mídia ou a  censura nem o governo nem organizações  seculares, por um motivo : A IGREJA É O  REINO DE DEUS NA TERRA .

                 Apesar disto o inimigo da igreja (satanás) usa suas armas para tentar parar a igreja mas não tem conseguido. Então o diabo tem tentado usar a igreja para parar a ela mesma.Nada pode destruir a igreja e ao longo da história da humanidade isto já foi tentado muitas vezes com morte e perseguições, mas quanto mais a igreja é perseguida mais elacresce.

                 A igreja é também uma família, segundo falou o apóstolo Paulo para o seu filho na fé, Timóteo."Não repreendas asperamente os anciãos, mas admoesta-os como a pais; aos moços como a irmãos;As mulheres idosas, como a mães, às moças, como a irmãs, em toda a pureza.1 Timóteo 5:1-2"

                 Porém a Bíblia tem uma revelação tremenda do que pode parar a igreja e seu crescimento, vejamos.“E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir;E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir.E, se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes tem fim. Marcos 3:23-26

                Jesus ensina que se um reino for dividido e as partes lutarem entre si tal reino será destruído, e também a família que é a base da igreja saudável, se for dividida será destruída.

                Por isto nestes dias temos visto um grande número de divórcios e separações tanto no meio cristão quanto fora dele. Uma família só pode ser forte se unida. A base da família que Deus criou gira na mutua proteção e suficiência do casal. Uma igreja forte é feita de famílias fortes. A família é alvo de ataque  constante por meio de ciúmes traições, distancia entre pais e filhos, falta de amor e renuncia no casamento.

               Jesus ensina que um dos sinais da sua volta seria a destruição da família ou seja a casa dividida contra si não pode resistir. Jesus já predisse que filhos estariam contra pais e irmãos contra irmãos. “E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai o filho; e os filhos se levantarão contra os pais, e os matarão. Mateus 10:21

              Jesus disse que se Satanás for dividido terá seu fim. 1)Primeiro fato inegável é que os ensinos de Deus , pela boca de Jesus são verdades incontestáveis.É cem por cento certo que se um reino ou casa for dividido contra si mesmo certamente terá seu fim.

              2) Segunda verdade é que Satanás está usando divisão contra o reino de Deus para tentar enfraquecer a igreja.O adversário conhece as Escrituras e até as cita se for o caso.( E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra. Mateus 4:6)

              Este ensinamento de Cristo sobre a divisão de um reino vem no contexto em que Jesus faz algo incrível em prol da obra de seu Pai, e logo os  fariseus religiosos irmãos carnais de Cristo dizem que tal obra é demoníaca.

               Hoje também temos em algumas igrejas,discussões sobre os fatos que ocorrem no reino  de Deus, e até dizemos que o que tal irmão está fazendo é obra de Satanás.

              A força da igreja contra o diabo está no poder do Espírito Santo,a força da igreja contra tudo mais está na sua união e nosso adversário sabe que se formos divididos ficaremos enfraquecidos. Se ao  invés de lutarmos contra o reino das trevas começaremos a lutar uns contra os outros nos matando e até nos ferindo,se houver  uma luta interna na igreja certamente o resultado  será mortos e feridos como em toda a guerra.Uma  igreja que por fora parece inteira mas que internamente está lutando , para de avançar para de crescer e começa ter baixas e perdas de membros e feridos espirituais.

             Nosso adversário se conseguir fazer com que a igreja fique desunida ele vai ficar mais forte. Naturalmente as trevas avançam aonde a luz se apaga.

            O Reino de Israel era forte mas foi dividido e logo foi derrotado por seus inimigos. “E Aías pegou na roupa nova que tinha sobre si, e a rasgou em doze pedaços.
E disse a Jeroboão: Toma para ti os dez pedaços, porque assim diz o SENHOR Deus de Israel: Eis que rasgarei o reino da mão de Salomão, e a ti darei as dez tribos.
Porém ele terá uma tribo, por amor de Davi, meu servo, e por amor de Jerusalém, a cidade que escolhi de todas as tribos de Israel. 1 Reis 11:30-32

             Qual a saída para este problema moderno da família e da igreja?

             Certamente o remédio para todos os males do mundo é a presença de Jesus em nossas vidas em nosso casamento, em nossa família, e em nossa igreja.

 

              Veja este ensinamento de Jesus sobre qual a principal condição para Ele se fazer presente no culto na sua casa no seu ministério e na família. “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.”

              Onde estiver dois ou três reunidos em nome  de Jesus, ele se fará presente, isto é glorioso, é o motor do Evangelho. Se dois concordarem sobre qualquer coisa aqui na terra está ligado no céu. Se minha família tem  o nome de Jesus como alicerce e rocha não será abalado.É fácil saber se Jesus está presente no meio da minha casa ou igreja pois Sua presença trás paz, amor perdão compreensão.A presença de Jesus trás perdão de pecados redenção e vida eterna.

               Porém eu me atrevo a dizer que se dois ou três estiverem em contenda e desunião pode ter certeza que não é Jesus que está no meio desta igreja ou família  mas sim o diabo. E conhecemos a presença do diabo pelas suas obras que são: brigas, divisão, iras contendas maledicências e poderia citar toda a lista de obras da carne de Paulo."Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Gálatas 5:19-21"

 

                Se dois não concordam sobre um assunto na terra nada acontece no céu, devemos cuidar para não atrair o adversário para o meio no vós.  “Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu.Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?Jesus lhe disse: Não te digo que até      sete; mas, até setenta vezes sete. Mateus 18:18-22

                No texto citado acima,Pedro sabia que a causa da divisão na igreja era as coisas feitas um contra o outro e não contra Deus. Pedro disse se um irmão pecar contra mim, não disse se um irmão pecar contra Cristo, contra a igreja ou contra a santidade de Deus , mas se alguém pecar contra “mim”.

              Quando uma diferença de ideias fere o outro, discorda ou ofende de qualquer maneira pecamos contra o irmão.Pedro pergunta quantas vezes este irmão deve ser perdoado para então cessar as tentativas de haver união e acordo, Jesus explica que sempre devemos perdoar o nosso irmão ao pecar contra nós, pois a presença de Deus na igreja depende da união de seus membros.

               Jesus está no culto em que há união na igreja entorno do desejo da presença de Deus, mas se há desunião então quem se apresenta no culto é o adversário.

               Veja o que diz Tiago o meio irmão de Cristo sobre a desunião da igreja. “Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. Tiago 3:8-16

              Se há  inveja e sentimento faccioso, de separação de divisão então Tiago diz que aí temos uma manifestação  diabólica.

             O sábio Salomão nos seus melhores dias dá  um ensinamento sobre a união e seus benefícios.“Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.
Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará?E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa. Eclesiastes 4:9-12

                 Se a igreja trabalhar unida terá melhor pagamento de seu trabalho, mais almas virão para Cristo. Se um irmão cair o outro deve ajudar a levantar, pois se um cair e tiver em briga com seu próximo como poderá se levantar?

                  Se a igreja se unir contra o frio espiritual que tenta invadir a igreja venceremos mas se ficarmos afastados uns dos outros , morreremos congelados um ao lado do outro só porque não podemos abraçar um irmão.

                  Principalmente quando o diabo vier contra um  dois resistem melhor, quando um for tentado ou estiver fraco a igreja unida pode livrar este  irmão das garras de seu inimigo.O cordão de três dobras não arrebenta fácil, assim como a corrente de oração da igreja amarra todas as obras do inimigo.

                   Veja o que o apóstolo Pedro fala sobre a maneira de o nosso inimigo agir. "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; 1 Pedro 5:8"

                   Pedro fala que o adverssário age ao derredor como um  leão, pois o leão é um caçador ardiloso ele não se lança contra uma manada inteira quando todos os animais estão unidos,  mas sim fica ao derredor esperando e observando para ver se encontra uma presa fácil.Para o leão que observa suas presas ele busca uma que esteja em situação vulnerável ou seja ele busca uma que se distacie do grupo maior e assim, quando ataca está em vantagem.Uma presa distraida e separada do grupo é uma presa fácil. Também enquanto anda ao derredor o felino procura as presas mais jovens que são menores e inesperientes, e facilmente se deixam apanhar pois não tem real noção do perigo. Ainda um tipo de presa geralmente atacada pelo leão, são as doentes do rebanho, pois as doentes não conseguem correr como as outras ficam fracas e se distanciam do grupo.

                  Quando o leão não acha uma jovem nem uma distraída ou uma doente, ele tem uma tática que é escolher uma presa saudável e a ataca para fazer ela sair de junto da sua manada, e quando esta está sozinha  por um ataque seu, então é tragada.

                   O sábio apóstolo falou como o diabo ataca a igreja, ele procura os distraidos que não estão no mesmo propósito do resto da igreja  e os ataca, tambérm nosso adverssário procura os jovem que acham que sebem tudo e pela sua inesperiência brincam com o perigo.Os doentes espirituais. pessoas que estão feridas e se distanciam do grupo acabam caindo nas ciladas do diabo.

 

                  Por fim Jesus conta uma parábola para convencer a igreja a ficar unida , e provar que por mais que alguém me ofenda nunca será como a ofensa que eu pratiquei contra Deus e ele me tem perdoado, tirando de mim toda possibilidade de não perdoar meu irmão. “Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos;
E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;
E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse.
Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.Então o senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida.
Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.
Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Ele, porém, não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.
Vendo, pois, os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passara.Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.
Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas. Mateus 18:23-35

                     Jesus pagou minha dívida , logo não posso negar o perdão a qualquer que me tenha ofendido, e se eu estiver dividido contra meu irmão no culto o presença de Deus será menos manifesta do que seria se eu estivesse unido e perdoado meu irmão, e a manifestação das obras das trevas estará mais propícia.

                     Se quisermos uma família avivada e feliz, cultos com a presença de Jesus, devemos nos reconciliar com nosso irmão e deixar que o julgamento fique para Deus o único que tem o direito de julgar.

                                                                                      Dc Nelson Quadros        09/2012